Central de Sines: para onde fica a transição justa?

A luta por justiça climática passa por muito mais do que condenar o modo de organização das nossas sociedades, que privilegia o lucro acima do valor inerente à vida; passa também por propor um modelo alternativo social. O movimento climático bateu-se durante bastante tempo pelo encerramento das centrais termoelétricas de Sines e do Pego, porque …