Uncategorized

Mudam-se os tempos, mas não as vontades

Mudam-se os tempos, mas não as vontades.


Com o objetivo de voltar à “normalidade” que o governo tanto anseia – e que é prejudicial para assegurar a vida num clima habitável e futuro sustentável – António Costa convidou o CEO de uma petrolífera (!) para coordenar o Plano de Recuperação Económica de Portugal. Este senhor não apresenta qualquer tipo de consciencialização das necessidades reais para assegurarmos as condições indespensáveis para a manutenção da civilização como a conhecemos. Não podemos admitir que um Governo que “afirma” como uma das suas prioridades o combate às alterações climáticas, perpetue este tipo de decisões governamentais e a falta de vontade política em agir da forma correta.
Visto que o Governo não aprendeu com os erros do passado, vamos dar-lhes uma lição sobre o verdadeiro significado de uma transição energética justa e uma economia sustentável.
Dia 24 de Julho, junta-te à nossa Aula Aberta para, connosco, ensinar o governo sobre ciência climática e o porquê da Crise Climática ter de ser levada a sério e com urgência, com implementação de medidas concretas que visem reverter os efeitos das alterações climáticas, não esquecendo as pessoas afetadas por estas.
No final desta aula, esperemos que tenham aprendido algo e que percebam que mais do que palavras, o que importa é o que colocam em prática. É necessária uma reconfiguração para uma economia sustentável, uma forma de governar que represente melhor a população, acabando com o racismo, fascismo e patriarcado estrutural e sistémico, investindo numa transição energética justa que não deixa ninguém para trás e que se preocupa em realojar e formar os trabalhadores da industria fóssil para empregos para o clima.
Esta ação vai decorrer no âmbito da iniciativa “DescontaminAção”, que consiste numa semana de ações, de diferentes coletivos, para descontaminar a economia e as relações sociais.
Vão decorrer ações por todo o país, por isso verifica o local mais próximo a ti e junta-te a nós por justiça climática e justiça social!

#FazPeloClima #FridaysForFuture

You may also like...

1 Comment

  1. Gustavo Santos says:

    Muito bom!!!

    Irei fazer o meu protesto sozinho na cidade de Braga.

    A cidade mais perto da minha com o protesto marcado, é Guimarães, mas eu não posso ir até Guimarães no dia 24.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *